sábado, 2 de março de 2019

Samsung Galaxy s10 e tudo isso mesmo

Samsung Galaxy S10: data de lançamento

O Galaxy S10 foi anunciado oficialmente no dia 20 de fevereiro, num evento da Samsung em São Francisco, nos EUA, chamado Unpacked 2019. O aparelho começa a ser vendido em países selecionados no dia 8 de março de 2019. Não há previsão de lançamento no Brasil por enquanto.

Samsung Galaxy S10: preço

De acordo com a Samsung, os preços das três versões do Galaxy S10 são os seguintes nos EUA:
  • Galaxy S10: US$ 899,99 (128 GB) / US$ 1.149,99 (512 GB)
  • Galaxy S10+: US$ 999,99 (128 GB) / US$ 1.249,99 (512 GB) / US$ 1.599,99 (1 TB)
  • Galaxy S10e: US$ 749,99 (128 GB) / US$ 849,99 (256 GB)
Os preços para o Brasil serão divulgados assim que a nova linha de smartphones for lançada oficialmente no país.

Com o anúncio da 10ª geração, temos agora uma nova linha de design, a Infinity-O. Em outras palavras, as curvas laterais da tela edge serão mantidas, mas, como novidade, teremos um entalhe circular para a câmera frontal na parte da frente.
São três versões da tela:
  • Galaxy S10: 6,1 polegadas Quad HD+ (550 ppi) Super AMOLED curvo
  • Galaxy S10+: 6,4 polegadas Quad HD+ (438 ppi) Super AMOLED curvo
  • Galaxy S10e: 5,8 polegadas Full HD+ (522 ppi) Super AMOLED plano
Com o Galaxy S10, basta tocar a região inferior da tela com um dos dedos cadastrados para desbloquear o aparelho. O recurso funciona até mesmo com a tela apagada.



Samsung Galaxy S10: câmera

O Galaxy S10e é o único com câmera traseira dupla, e o Galaxy S10+ é o único com câmera frontal dupla. Os outros aparelhos têm câmera frontal única e câmera traseira tripla. Isso mesmo, são três câmeras trabalhando juntas.


Galaxy S10
  • Câmera tripla traseira:
    • Teleobjetiva (45°): 12 MP, f/2.4, Estabilização Óptica (OIS)
    • Grande Angular (77°): 12 MP, f/1.5 + f/2.4, OIS
    • Ultra grande angular (123°): 16 MP, f/2.2
  • Câmera frontal: 10 MP, f/1.9, 80°
Galaxy S10+
  • Câmera tripla traseira:
    • Teleobjetiva (45°): 12 MP, f/2.4, Estabilização Óptica (OIS)
    • Grande Angular (77°): 12 MP, f/1.5 + f/2.4, OIS
    • Ultra grande angular (123°): 16 MP, f/2.2
  • Câmera dupla frontal:
    • Selfie UHD: 10 MP, f/1.9, 80°
    • Profundidade RGB: 8 MP, f/2.2, 90°
Galaxy S10e
  • Câmera dupla traseira:
    • Grande Angular (77°): 12 MP, f/1.5 + f/2.4, OIS
    • Ultra grande angular (123°): 16 MP, f/2.2
  • Câmera frontal: 10 MP, f/1.9, 80°
A câmera tripla traseira do Galaxy S10 e do Galaxy S10+ é formada por dois sensores com estabilização óptica (para evitar fotos e vídeos tremidos) e um com estabilização digital. As três juntas permitem tirar fotos com zoom óptico de até 2x.
Isto significa que a câmera é capaz de se aproximar do objeto até duas vezes de forma "natural" sem começar a esticar digitalmente a imagem e sacrificar a resolução. Ou seja, mesmo usando zoom (até 2x), a qualidade permanece a mesma.
Além disso, as lentes têm ângulos diferentes. São duas de 12 MP, sendo uma teleobjetiva (que deixa a imagem mais "chapada" e captura menos conteúdo num só quadro) e a outra é grande-angular (wide-angle, capaz de capturar mais conteúdo num só quadro). Esta segunda câmera também vem com sistema de dupla abertura: f/1.5, para capturar mais luz em ambientes escuros; e f/2.4, mais fechada, para destacar os contrastes à luz do dia.
A terceira câmera é uma Ultra Wide, com ângulo de 123 graus, capaz de captar ainda mais conteúdo do que as outras duas. Apenas o Galaxy S10e não tem essa terceira câmera. Já a câmera frontal é uma simples grande-angular de generosos 10 MP.
No caso do Galaxy S10+, único modelo com câmera frontal dupla, a segunda câmera de selfies também possui ângulo ligeiramente mais aberto e serve para aplicar o famoso efeito de profundidade que deixa o plano de fundo das fotos borrado e o primeiro plano em destaque.
No ranking de câmeras de celular feito pelo site especializado DxOMark, o Galaxy S10+ aparece em terceiro lugar, superando rivais como o Xiaomi Mi 9 e o iPhone XS Max. Apenas o Huawei Mate 20 Pro e o Huawei P20 Pro superam o novo celular da Samsung..

Samsung Galaxy S10: bateria

Em termos de baterias, não há grandes surpresas aqui. O tamanho da célula de energia em cada celular muda de acordo com o tamanho da tela, um dos componentes que mais consome energia. Não tem segredo: o Galaxy S10e, que é o mais básico, tem também a menor bateria. E o S10+, mais poderoso, tem a maior bateria.
Eis o tamanho de cada uma:
  • Galaxy S10: 3.400 mAh
  • Galaxy S10+: 4.100 mAh
  • Galaxy S10e: 3.100 mAh
A principal novidade é o novo sistema de carregamento sem fio rever. É o que a Samsung chama de "Wireless PowerShare". É possível usar o Galaxy S10 como um carregador sem fio portátil para abastecer a energia de outros dispositivos, inclusive o iPhone X.

Samsung Galaxy S10: bateria

Em termos de baterias, não há grandes surpresas aqui. O tamanho da célula de energia em cada celular muda de acordo com o tamanho da tela, um dos componentes que mais consome energia. Não tem segredo: o Galaxy S10e, que é o mais básico, tem também a menor bateria. E o S10+, mais poderoso, tem a maior bateria.
Eis o tamanho de cada uma:
  • Galaxy S10: 3.400 mAh
  • Galaxy S10+: 4.100 mAh
  • Galaxy S10e: 3.100 mAh
A principal novidade é o novo sistema de carregamento sem fio rever. É o que a Samsung chama de "Wireless PowerShare". É possível usar o Galaxy S10 como um carregador sem fio portátil para abastecer a energia de outros dispositivos, inclusive o iPhone X.

sexta-feira, 5 de outubro de 2018

As 10 primeiras coisas que você deve experimentar no iPhone X


Digamos que você seja um dos sortudos a ter conseguido comprar em outro país o novo iPhone X, ou então conhece alguém que já tem um. O que experimentar primeiro? Que novidades legais o precioso aparelho oferece? O que mostrar quando alguém pede para ver seu novo iPhone “xis”?
Aqui temos uma lista com sugestões das novidades que você pode experimentar no novo queridinho da maçã.
1. Experimente o Face ID
Claro que a primeira coisa que você vai querer experimentar será o sistema de identificação de rostos. Ele é o carro chefe do novo aparelho e sem dúvida a maior tecnologia atualmente incorporada em um iPhone, com origens no velho Kinect (leia mais sobre isso neste outro artigo).
Após configurado, o iPhone desbloqueia somente ao olhar para ele, o que é algo impressionante para quem vê isso pela primeira vez. Faça diversos testes, desafie o sistema para ver se você consegue enganá-lo. Faça caretas, coloque óculos e chapéus, tente desbloqueá-lo no escuro ou de olhos fechados. É provável que grande parte destes testes surpreenda você.
Quando receber uma notificação com a tela bloqueada, repare que o conteúdo dela só será mostrado quando você olhar para a tela. Isso é algo bem divertido de testar.
No dia a dia o Face ID acabará incorporando-se aos seus hábitos. Você pegará o iPhone e deslizará automaticamente a tela para usar os aplicativos, sem nem precisar esperar que o cadeadozinho se desbloqueie. É tudo muito rápido e intuitivo. Vale lembrar que ele funciona normalmente em aplicativos configurados para o Touch ID, bastando olhar para a tela.

2. Brinque com os Animoji
Muitos já estão dizendo que eles são a grande sensação do novo iPhone. É sem dúvida, a função mais divertida de mostrar para outras pessoas, porque não tem como não gastar alguns minutos brincando com eles.

3. Aprenda os novos gestos

Este novo iPhone traz também todo um novo modo de usar o aparelho, devido às importantes mudanças no design. Como não tem mais botão frontal, você terá que se readaptar aos novos gestos, coisa que a princípio parecerá difícil, mas que não demora mais de um dia e meio para você se acostumar totalmente.
A coisa é tão importante que a Apple fez um vídeo do tipo guide tour, coisa que ela só faz para dispositivos desconhecidos. O último feito para o iPhone foi no modelo 3G (2ª geração).
Os principais gestos a aprender são os seguintes:
·         Arrastar de baixo para cima: o gesto que substitui o antigo botão Home (Início) é o de deslizar o dedo da extremidade inferior da tela para cima. Isso permite você sair de aplicativos e voltar à tela inicial.
·         Multitarefa: arrastando de baixo para cima e segurando disponibilizará as janelas dos aplicativos abertos, para você passar facilmente de um para outro. Você também pode trocar de aplicativo ao deslizar para o lado aquela linha que fica na parte de baixo da tela em todos os apps.
·         Fechar apps: para fechar definitivamente um aplicativo, abra a tela de multitarefa e aperte com mais força as janelas que aparecem. Um símbolo redondo vermelho aparecerá no canto superior esquerdo de cada app, permitindo que você o feche.
·         Central de Controle: por causa dos novos gestos, não é mais possível puxar a Central de Controle de baixo para cima. Ela agora é acessada puxando para baixo o topo superior direito da tela.
·         Central de Notificações: ao puxar o topo da tela para baixo (excluindo o canto direito que comentamos no ítens anterior) você tem as notificações e os widgets, parecido com o que você já conhece.
·         Alcançabilidade: a função que faz a tela baixar para você conseguir tocar no topo com apenas uma mão ganha uma nova forma de funcionar no X. Basta colocar o dedo na parte de baixo da tela e arrastá-lo para baixo.
·         Câmera na tela bloqueada: para acessar a câmera fotográfica na tela bloqueada você ainda pode simplesmente deslizar para o lado, como em outros iPhones. Porém no X há também um botão para isso, que deverá ser apertado com um pouco mais de força (3D Touch).
·         Toque para despertar: você poderá despertar a tela apenas tocando nela.
Além de gestos, os botões laterais também mudam um pouco. Para desligar completamente o aparelho não basta apertar por alguns segundos apenas o botão de repouso, como você sempre fez nesses 10 anos de iPhone. No X você precisa apertar o botão de repouso e com o botão de aumentar volume, juntos. Isso porque com a retirada do botão frontal, agora o botão de repouso serve para ativar a Siri. Enquanto ele sozinho estiver apertado, a assistente virtual estará ouvindo o que você diz.
Para tirar foto da tela, basta apertar rapidamente o botão de repouso e o botão de aumentar volume.

4. Curta a nova tela OLED

A nova tela OLED impressiona e vale a pena você reservar um tempo para descobri-la. Você notará que o preto é realmente preto, porque esta tecnologia permite que pixels negros não sejam acendidos (o que inclusive ajuda na autonomia da bateria). A função True Tone adapta as cores de acordo com o ambiente que você está, então faça testes, se locomovendo e experimentando diferentes ambientes, para ver o que muda.
Outro ponto interessante é a função HDR para vídeos, que deixa a imagem mais nítida e agradável de assistir. Experimente assistindo vídeos com o aplicativo da Netflix ou do Globo Play, buscando ter certeza que o conteúdo escolhido oferece compatibilidade com HDR.

5. Tire fotos em Modo Retrato

Para quem nunca tirou fotos com um iPhone 7 Plus, o Modo Retrato é uma das coisas que mais impressionam nos novos aparelhos. Não tem como não ficar apaixonado com as fotos de pessoas, animais ou até certos objetos com destaque por causa da profundidade de campo, como acontece com câmeras profissionais. Repito, é de apaixonar qualquer um
A nova funcionalidade de Iluminação de Retrato até é legal e ajuda em muitos momentos, mas você precisa testar caso a caso para ver se ela realmente melhora a sua foto. O modo Luz de Estúdio é o mais popular.

6. Faça selfies

Outro ponto fortíssimo no novo iPhone é que ele permite fazer selfies maravilhosas por causa do mesmo Modo Retrato da câmera traseira. Com a câmera frontal do X é possível tirar fotos com o fundo desfocado e também usar a função Iluminação de Retrato, e você verá que o resultado disso é fantástico. Seus amigos nas redes sociais irão se impressionar.

7. Tire fotos no escuro com flash

Nós já comentamos aqui sobre o Flash com sincronização lenta (também presente no 8), que permite tirar fotos no escuro que não fiquem estouradas com a iluminação. Experimente usar mais o flash em fotos no escuro com pessoas em ambientes com fundo amplo e você verá a diferença que esta funcionalidade traz para as suas fotos.

8. Faça um vídeo HD em câmera lenta

Os novos iPhones agora podem gravar vídeos em câmera lenta em alta definição (1080p) a 240 fps. Faça vídeos de seus cachorros brincando, ou de crianças correndo e você verá o quanto especial pode ficar o registro de um momento especial que ficará como recordação para a vida inteira.

9. Faça vídeos com zoom ótico

O iPhone X traz agora o sistema de estabilização ótica nas duas câmeras traseiras e não apenas em uma, como era no 7 Plus. Isto significa que você pode fazer vídeos com o zoom ótico 2x mesmo em movimento, e a câmera tratará de estabilizar a imagem para não deixá-la tremida.

10. Use um carregador sem fio

Uma novidade bastante prática é a compatibilidade com bases de carregamento por indução Qi. Basta apoiar o iPhone sobre uma delas e ele passa a recarregar a bateria sem você precisar conectar o fio Lightning no aparelho. É uma grande facilidade no dia a dia, apesar da velocidade não ser tão rápida quanto o carregamento por cabo. O ideal é ter uma base dessas ao lado da mesa de trabalho, ou então do lado da cama para deixar carregando enquanto dorme.




segunda-feira, 1 de outubro de 2018

INFOCONCUR - Informática para Concursos Públicos e Empregos

INFOCONCUR preparou um curso específico de Informática para quem estuda para concursos públicos.

O curso abrange conteúdos tanto de concurso para nível médio como superior, abordando desde assuntos mais básicos até o mais avançado.

Grande oportunidade para quem quer aperfeiçoar ainda mais o conhecimento na área da informática e sair na frente na hora da prova!



domingo, 30 de setembro de 2018

7 fatores que explicam a vida que você tem hoje - Super Criativo

7 fatores que explicam a vida que você tem hoje - Super Criativo: Você vai descobrir porque a sua vida é da forma que você vive hoje e os 7 fatores que impedem você de viver a vida dos seus sonhos

5 Dicas Sobre Empreendedorismo da Universidade em Stanford

5 Dicas Sobre Empreendedorismo da Universidade em Stanford: 5 Dicas Sobre Empreendedorismo da Universidade em Stanford. Agora você já está preparado para empreender na internet ou até mesmo em qualquer lugar.
Página inicial